A Prefeitura de Porto Ferreira recebeu no início desta semana algumas informações sobre a Festa de São Cristóvão, que foi realizada no domingo (30/07), no recinto da Feira Industrial Ferreirense (Feife) 2017.

Segundo as equipes de serviço que fizeram o desmonte das estruturas e limpeza na região do recinto, houve muitos danos ao patrimônio público, principalmente no Calçadão Neno Perondi, onde um gradil chegou a ser arrancado. Informações estas que foram corroboradas por muitos moradores da região, em manifestações pelas redes sociais.

Houve também denúncias de perturbação de sossego, consumo exagerado de bebidas alcoólicas e até de drogas ilícitas nas imediações. Sem falar na sujeira deixada pelas vias públicas, com muitas latas e garrafas jogadas.

A Polícia Militar de Porto Ferreira, por sua vez, informou que foram aplicadas cerca de 70 multas de infração de trânsito no domingo, por conta da festa. Também ocorreram várias intervenções policiais mediante algumas brigas, mas nenhuma das pessoas envolvidas registraram um boletim de ocorrência.

A PM ficou responsável pelo patrulhamento externo, enquanto no interior do recinto a segurança foi feita por uma empresa particular.

“Precisamos repensar a realização desta festa, pois o direito de um termina quando começa o do outro. Além de denegrir a tradição religiosa, os organizadores não assumem a responsabilidade sobre danos e riscos gerados à sociedade”, disse o prefeito Rômulo Rippa ao receber as informações sobre a festa.

Cléber Fabbri – MTb 30.118

Assessoria de Comunicação, Cerimonial e Eventos

Anúncios