A Prefeitura de Porto Ferreira firmou um contrato com o Neper (Núcleo de Estudos em Resíduos Sólidos) da Escola de Engenharia da USP de São Carlos, por meio da Fipai (Fundação para o Incremento da Pesquisa e Aperfeiçoamento Industrial), com o objetivo de elaborar o Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos do município.

A Política Nacional de Resíduos Sólidos estabeleceu a necessidade de implantação dos planos de gerenciamento por todos os segmentos geradores de resíduos. As prefeituras municipais também têm que realizar seus planos, adequados à realidade de cada um dos municípios para o gerenciamento dos resíduos que são de sua responsabilidade.

O município de Porto Ferreira chegou a elaborar um plano que, entretanto, não se encontra aprovado no Poder Legislativo, em virtude de não cumprir com alguns itens necessários. A atual Administração Municipal, buscando cumprir com as determinações legais e preocupada com a atual situação dos resíduos sólidos no município, realizou a contratação da elaboração de novo plano, de maneira a adequar o município à atual realidade com o setor.

A equipe de elaboração do novo plano contará com membros de renomada atuação na área, liderados pelo professor doutor Valdir Schalch, e será supervisionada pela chefe de Divisão de Meio Ambiente, a bióloga Cristiane Daniele Francisco.

“Os valores de contratação com empresas da área para a elaboração do plano custam, em média, R$ 140 mil. A contratação com a Fipai custou R$ 28 mil. Ou seja, uma grande economia de recursos, além de contar com pessoal altamente qualificado para o trabalho. E desta forma também vamos nortear e regulamentar o descarte de resíduos sólidos no município, um problema de décadas que afeta nosso meio ambiente”, comentou o prefeito Rômulo Rippa.

Cléber Fabbri – MTb 30.118

Assessoria de Comunicação, Cerimonial e Eventos

Anúncios