Teve início na segunda-feira (25/06) e segue até o final da próxima semana o curso de capacitação do Programa de Educação Empreendedora para os educadores da rede pública municipal. Os professores, por meio da capacitação e repasse da metodologia, poderão multiplicar junto aos alunos a proposta do curso, conforme cada faixa de idade (6 a 17 anos).

A carga horária da capacitação é de 88 horas e está assim dividida:

26 a 30 de junho – Fundamentação metodológica e oficinas de primeiro ao nono anos.

3 a 7 de julho – Fundamentação metodológica e oficinas de ensino médio.

Na manhã de terça-feira (27/06) o prefeito Rômulo Rippa visitou os participantes da primeira turma do curso de capacitação, que é ministrado pelo consultor do Sebrae Antônio Volante Júnior no auditório da Secretaria de Educação. Também presentes as secretárias municipais de Desenvolvimento Econômico, Maria Lucia Baltieri, e Educação, Cláudia Regina Lopes Aguiar, além do assessor técnico da Educação, Gustavo de Freitas.

Release 434-2017 - Capacitação para o Programa Educação Empreendedora (4)
Prefeito Rômulo Rippa e as secretárias Cláudia Aguiar (Educação) e Maria Lucia Baltieri (Desenvolvimento Econômico)

“Vim aqui agradecer ao empenho de nossos educadores nesta nova missão, de levar a cultura do empreendedorismo aos nossos alunos e mostrar sua importância”, comentou Rômulo Rippa.

A Educação Empreendedora incentiva que o aluno busque o autoconhecimento, novas aprendizagens, além do espírito de coletividade. O principal objetivo do JEPP (Programa Jovens Empreendedores Primeiros Passos) é a disseminação da cultura empreendedora para instituições formais de ensino fundamental, a fim de despertar e fortalecer o espírito empreendedor, por meio de incentivo aos comportamentos empreendedores, ressignificando atitudes, possibilitando uma nova consciência de trabalho na comunidade escolar e incentivando aos educandos a busca da inserção no mercado de trabalho com uma postura empreendedora ou a criação de negócios próprios.

Dessa forma, a educação deve atuar como transformadora deste aluno e incentivá-lo à quebra de paradigmas e ao desenvolvimento das habilidades e dos comportamentos empreendedores. Assim sendo, o ambiente da aprendizagem deve propiciar que o aluno, por meio de atividades e brincadeiras, assuma riscos calculados, tome decisões e perceba ao seu redor oportunidades, mesmo em situações inovadoras.

O tema proposto para cada ano é adequado à faixa etária correspondente, bem como os jogos, dinâmicas grupais, exercícios e pesquisas intra e extraclasse.

Cléber Fabbri – MTb 30.118

Assessoria de Comunicação, Cerimonial e Eventos

Anúncios