Dados divulgados pela Secretaria de Saúde de Porto Ferreira referentes ao primeiro quadrimestre do ano (janeiro a abril) mostram que o número de atendimentos no Pronto-Socorro Municipal sofreu um aumento muito pequeno após o fechamento do Pronto Atendimento (PA) Dr. Neif João, em 1º de fevereiro.

A comparação do número de atendimentos feitos no PS de fevereiro a abril de 2016, com o mesmo período de 2017 (tempo em que o PA suspendeu os atendimentos) mostra um aumento de apenas 6,6%. Isto significa uma variação de aproximadamente 15 pacientes por dia, sendo que a média de atendimentos diários no PS de fevereiro a abril deste ano foi de 250 pacientes.

O dado mais importante é que, quando são analisados os números sobre quais pacientes atendidos no PS são usuários de convênios médicos e quais são do SUS, a variação referente aos cidadãos da rede pública municipal representa apenas 2% de aumento.

“Estes números demonstram que estávamos corretos ao afirmar em janeiro, quando anunciamos o fechamento do PA, que a demanda seria perfeitamente atendida pelo Pronto-Socorro e pelas Unidades de Saúde dos bairros, sem causar maiores impactos”, destacou o prefeito Rômulo Rippa ao receber o relatório da Secretaria de Saúde.

A suspensão dos atendimentos no PA foi anunciada em meados de janeiro pelo atual Governo Municipal, para ter início a partir de fevereiro. O local fazia cerca de 40 atendimentos por dia. A medida foi tomada depois de constatado um déficit orçamentário de R$ 2 milhões na pasta da Saúde. O fechamento do PA, portanto, traria uma expectativa de economia no ano de mais de R$ 700 mil, insuficiente para cobrir o déficit, mas importante para manutenção de serviços básicos.

Em números totais, o Pronto-Socorro realizou no primeiro quadrimestre deste ano 28,7 mil atendimentos. Cerca de 80% destes são pelo SUS (Sistema Único de Saúde), e o restante de convênios médicos. Houve um aumento de 2% de atendimentos do SUS em relação ao mesmo período de 2016.

Outros números

O relatório com as estatísticas da Secretaria de Saúde no primeiro quadrimestre apresenta outros números importantes:

Nº de consultas no Pronto-Socorro 28.814
Nº de consultas em Unidades de Saúde de bairros 23.577
Nº de atendimentos no Cemi (“Postão”) 15.216
Nº de consultas médicas no Cemi (“Postão”) 12.401
Nº de medicamentos distribuídos na Farmácia Municipal (unidades) 1.002.032
Nº de pacientes atendidos na Farmácia Municipal 15.706
Nº de pacientes atendidos no Centro Odontológico e CEO 3.759
Nº de procedimentos realizados no Centro Odontológico e CEO 7.347
Nº de vacinas aplicadas 4.687
Nº de pacientes transportados (*sem hemodiálise) 4.044
Nº de acompanhantes transportados (*sem hemodiálise) 2.572
Nº de pacientes e acompanhantes transportados para hemodiálise 3.290
Nº de viagens realizadas 1.863
Nº de cirurgias eletivas realizadas 115
Nº de exames diversos realizados 2.520
Nº de exames laboratoriais realizados 37.539

Fonte: Secretaria de Saúde de Porto Ferreira

 

Cléber Fabbri – MTb 30.118

Assessoria de Comunicação, Cerimonial e Eventos

Anúncios