Com o objetivo de reduzir a lista de espera dos alunos do curso de ballet, a Secretaria de Cultura de Porto Ferreira criou um novo projeto para a modalidade, que será desenvolvido na área externa do Museu Histórico e Pedagógico Professor Flávio da Silva Oliveira.

“Durante as matrículas para os cursos da Escola Livre de Música e Artes no começo do ano, muitos ferreirenses tentaram inscrever seus filhos no ballet e as vagas foram insuficientes, gerando uma grande lista de espera”, esclarece Renan Arnoni, secretário de Cultura. Para resolver o problema, Arnoni entrou em contato com um grande profissional da área e decidiram iniciar um projeto de ballet no museu de Porto Ferreira.

Após 26 anos de aprimoramento técnico em ballet clássico, dançando nos palcos de São Paulo e outras capitais brasileiras, e, atualmente, exercendo a profissão de professor de ballet e coreógrafo, Edy Gomes retorna a sua terra natal Porto Ferreira. Em seu currículo constam inúmeros espetáculos e cursos de ballet clássico, com professores renomados, premiações e a participação em festivais, como o ENDA Brasil, Paço de Artes, Bravos e Festival de Joinville, inclusive trabalhando em projetos sociais na cidade de São Paulo.

Os alunos da lista de espera serão convocados para uma reunião e manifestação de interesse pela vaga. Cada turma terá 20 alunos, de 7 a 12 anos de idade, de meninos e meninas, nos períodos da manhã e da tarde. Seguidamente, caso haja vagas remanescentes, haverá uma nova chamada para inscrições.

Cabe salientar que o projeto será voluntário e, portanto, funcionará sem custo para os cofres públicos.

Cléber Fabbri – MTb 30.118

Assessoria de Comunicação, Cerimonial e Eventos

Anúncios