O Centro de Atenção Psicossocial (Caps) de Porto Ferreira, agora instalado na antiga Casa Maternal Eucharis Fortes Salzano, na Vila Maria, realiza até sexta-feira (19/05) uma série de atividades para marcar a passagem da Semana de Luta Antimanicomial.

Trata-se de um movimento que se caracteriza pela luta pelos direitos das pessoas com sofrimento mental. Dentro desta luta está o combate à ideia de que se deve isolar a pessoa com sofrimento mental em nome de pretensos tratamentos, ideia baseada apenas nos preconceitos que cercam a doença mental.

O movimento faz lembrar que, como todo cidadão, estas pessoas têm o direito fundamental à liberdade, o direito a viver em sociedade, além do direto a receber cuidado e tratamento sem que para isto tenham que abrir mão de seu lugar de cidadãos.

Por esta razão, o movimento antimanicomial tem como meta a substituição progressiva dos hospitais psiquiátricos tradicionais por serviços abertos de tratamento e formas de atenção dignas e diversificadas, de modo a atender às diferentes formas e momentos em que o sofrimento mental surge e se manifesta.

Nesta segunda-feira (15/05) o Caps iniciou as atividades com o “Dia da Beleza”. Na oportunidade, os frequentadores receberam cortes de cabelo, serviços de maquiagem e manicure.

Para terça-feira (16) está prevista uma sessão de cinema no período da tarde. Quarta-feira o Caps receberá uma apresentação de palhaço. Na quinta-feira, os participantes vão realizar um churrasco no Clube de Campo das Figueiras. Fechando a semana, na sexta-feira será realizado um passeio ao Parque Ecológico de São Carlos.

Cléber Fabbri – MTb 30.118

Assessoria de Comunicação, Cerimonial e Eventos

Anúncios