Release 021-2017 - Arte déficit Saúde.pngO Departamento de Saúde da Prefeitura de Porto Ferreira apresentou esta semana um balanço financeiro do setor ao prefeito Rômulo Rippa. A situação é considerada crítica, pois o déficit orçamentário apurado é de aproximadamente R$ 2 milhões.

Este déficit afeta diretamente o atendimento da demanda pelos serviços da Atenção Básica, ou seja, compra de medicamentos, materiais de enfermagem em geral (curativos, soro fisiológico, luvas, seringas, tiras de glicemia), produtos básicos de limpeza e higienização, além do cumprimento de ordens judiciais.

A situação agrava-se ainda mais porque não é possível fazer o remanejamento de recursos de outros Departamentos para a pasta da Saúde.

“Nossa prioridade é honrar os compromissos já assumidos em 2017, inclusive o pagamento dos servidores da saúde. Por isso criamos a comissão de análise e suspendemos o pagamento das obrigações contraídas até 31 de dezembro. Mas a situação da Saúde, em especial, é muito grave, pois não temos recursos para energia elétrica, água, telefonia ou para o combustível da frota”, explica Rômulo Rippa.

Cléber Fabbri – MTb 30.118

Assessor de Comunicação

 

Anúncios