13_01_2017-divida-242-milhoesO Departamento de Finanças da Prefeitura de Porto Ferreira apresentou esta semana um balanço sobre a situação econômica do município. De acordo com o levantamento, a dívida flutuante (de curto prazo) verificada em 31 de dezembro de 2016 era de R$ 24.266.940,97.

Deste montante, R$ 4,8 milhões eram referentes à folha de pagamento, cujos recursos foram deixados em caixa pelo governo anterior e o pagamento realizado no último dia 5.

Sobre os restos a pagar, ou seja, as despesas empenhadas e processadas com nota fiscal, mas não pagas até o dia 31 de dezembro, o valor atinge R$ 15,9 milhões. Como o saldo bancário deixado para quitar essas despesas foi de R$ 3,3 milhões, o déficit financeiro é de R$ 12,6 milhões.

O relatório também detalha as principais dívidas herdadas. A maior delas é com o Portoprev, o instituto próprio de previdência dos servidores, que atinge a cifra de R$ 4 milhões. Outras dívidas apontadas são com a empresa fornecedora de merenda escolar (R$ 881 mil), INSS (R$ 195 mil), FGTS (R$ 23 mil), Odebrecht Ambiental (R$ 976 mil), Cervam (R$ 241 mil), Elektro (R$ 58 mil), Irmandade de Misericórdia de Porto Ferreira (R$ 392 mil, sendo R$ 282 mil do convênio para manutenção do Pronto-Socorro/PA e R$ 110 mil, do convênio médico dos servidores), Associação Viva a Vida (R$ 113 mil), Associação Casa do Abrigo (R$ 94 mil) e Apae (R$ 40 mil).

Quanto à dívida fundada, ou seja, aquela de longo prazo, o relatório mostra que são R$ 8 milhões com operações de crédito (financiamentos, parcelamentos etc.) e R$ 10,1 milhões com precatórios (condenações judiciais). Ainda neste rol está um valor de R$ 383 mil referente a parcelamento com o Portoprev. O total da dívida de longo prazo é de R$ 18,6 milhões.

Somadas as dívidas de curto e longo prazos, portanto, o valor chega a R$ 42,8 milhões. “É devido a este cenário muito preocupante que estamos tomando medidas como a suspensão dos pagamentos por 90 dias para analisarmos os contratos caso a caso, e também decretaremos outros cortes no âmbito da Administração”, explicou o prefeito Rômulo Rippa.

Cléber Fabbri – MTb 30.118

Assessor de Comunicação

Anúncios