A Prefeitura de Porto Ferreira, por meio do Departamento de Educação, entregou na última sexta-feira (13/05), às 16 horas, as obras de revitalização da Quadra Poliesportiva Dionísio Fenili, localizada na Emef Professor Agostinho Garcia, no Jardim Anésia.

O investimento para recuperar o local foi de R$ 152 mil e contemplou várias benfeitorias, tais como: reparos no piso da quadra e pintura com epox, reparos e trocas de alambrados, reforma e pintura dos vestiários, colocação de tabela de basquetebol nova, colocação de novas traves de futsal, pintura da estrutura metálica.

A cerimônia reuniu autoridades e comunidade. Entre os presentes a prefeita Renata Braga, os vereadores Alessandro Rossi Bertazzi, o Dentinho; Antônio Ângelo Lourenço, o Galego; Edite Pereira da Silva Sebastião; e Marcelo Nery de Oliveira. Também compôs a mesa principal a viúva do patrono, dona Margarida Baccarin Fenili; o ex-prefeito André Braga, em cujo mandato foi construída a quadra; a diretora do Departamento de Educação, Maria Regina Nascimento Nery; a supervisora do Departamento, Simone Bertonha; o coordenador do Departamento, Fausto José de Lara; a diretora da Unidade Escolar, Ana Sueli de Oliveira Serva Fabiano; e a moradora Jacira Fátima Dias, a Suzi, que foi a primeira presidente da Associação de Pais e Mestres da escola.

A cerimônia contou ainda com discursos das autoridades, a apresentação musical do aluno João Vitor e sua viola e também de alunos do período da tarde. Foi feita a entrega de mimos no final e, fechando a tarde, o descerramento da placa que marcou a entrega da obra.

Dionísio Fenili

Foi um esportista e atleta vocacionado para o futebol. Na juventude, Dionísio integrou algumas equipes de futebol de existência passageira, entre elas a do Fluminense Futebol Clube. Como atleta, atuou como goleiro da equipe do Porto Ferreira Futebol Clube, campeã regional em 1952, graças também às belas intervenções do goleiro “Nisio”, como era conhecido.

Foi sempre um entusiasta do esporte que praticava, mas esse entusiasmo, esse amor ao clube, ficou patente também fora das quatro linhas. Dionísio Fenili foi um dos sustentáculos que garantiu a construção da sede do Porto Ferreira Futebol Clube, onde ela se localiza hoje. Um projeto ousado para a época e que, temiam alguns, poderia prejudicar os ofícios religiosos na então Matriz de São Sebastião. Dionísio foi um dos batalhadores pela realização da obra, que perdura até hoje sem qualquer prejuízo para o agora Santuário de São Sebastião.

Dionísio Fenili amava sua terra. Foi vereador e participou sempre de iniciativas que pudessem beneficiar Porto Ferreira e sua gente. Filho de um empreendedor, Dionísio Fenili foi empreendedor ainda mais arrojado que o pai, Máximo Fenili, criador do jornal O Ferreirense. Dionísio assumiu a direção do jornal em 1945, e mesmo não sendo jornalista, seu talento e a experiência que adquiriu com o pai foram suficientes para manter o jornal em circulação por décadas.

Enfrentou desafios, mas sustentou a linha de imparcialidade que herdou do pai. A jornada de Dionísio como diretor do semanário – até 1961, o único meio efetivo de comunicação da cidade –, durou até 1983, quando os direitos de sua publicação foram cedidos.

Dionísio Fenili, que meses antes havia se afastado dos negócios, assumidos pelos filhos, faleceu em 26 de setembro de 2002.

Cristo Redentor

Para esta sexta-feira, dia 20 de maio, está prevista a entrega da revitalização da quadra poliesportiva Moacir “Nanica” Amaral, da Emef Professor Bráulio Teixeira, no Cristo Redentor.

Cléber Fabbri   |   MTb 30.118   |   Assessoria de Comunicação

Anúncios