Barracão que abriga pneus velhos foi totalmente desocupado

A Seção de Controle de Vetores da Prefeitura de Porto Ferreira, responsável pelo combate ao mosquito transmissor da dengue no município, confirmou esta semana o número oficial de casos da doença no mês de maio: 126. No mês de junho, até quarta-feira (17/06), sete novos casos haviam sido confirmados.

É uma queda significativa em comparação aos meses anteriores. Em 2015 já são 4.292 casos confirmados da doença, sendo 1.019 em janeiro, 1.408 em fevereiro, 1.225 em março, e 512 em abril. O total no ano é de 4.297 casos.

Esta semana os agentes encontraram um cenário preocupante num terreno do Jardim Paschoal Salzano: vários materiais que podem juntar água e servir de criadouro para o mosquito estavam depositados de forma irregular, como pneus, estampos de cerâmica, entre outros objetos. Os agentes programaram uma limpeza no local para quarta-feira (17/06).

“Estamos encontrando em vários outros pontos da cidade também larvas e recipientes que servem de criadouros. Isto é muito preocupante. Com toda a campanha que foi feita, por conta da epidemia nacional, estava mais difícil encontrar larvas e situações como esta, mas nos últimos dias percebemos um certo desleixo de algumas pessoas”, comenta José Antônio de Thomazi, chefe da Seção de Controle de Vetores.

Barracão

Na última sexta-feira os agentes retiraram os últimos pneus inservíveis que estavam abrigados num barracão da Prefeitura, no Jardim Santa Marta. A última leva continha cerca de 600 pneus de carros, 150 de motos e bicicletas, 150 de caminhões, 50 de empilhadeiras, 130 de caminhonetes, 250 sacos de 50 quilos de câmaras de ar e 1,5 mil quilos de destroços de pneus.

Cléber Fabbri   |   MTb 30.118   |   Assessoria de Comunicação

Anúncios