Eles passam a ter direitos a serviços como microcrédito e orientação jurídica

Prefeito Maurício Rasi fala durante entrega de carteirinhas da Sutaco

Na tarde da última terça-feira (22/03) o prefeito Maurício Rasi, em companhia da primeira-dama Viviane e do coordenador do Ciac (Centro Integrado de Atendimento ao Cidadão), Carlos Alberto Damas, fez a entrega de carteirinhas de cadastro na Sutaco (Superintendência do Trabalho Artesanal nas Comunidades).

A política de inclusão social implantada pelo atual governo municipal atende de forma muito satisfatória aos anseios dos inscritos nos projetos sociais mantidos pelo Departamento de Promoção Social. Em cada um deles, as atividades e ações oferecidas contam com ótima participação e, consequentemente, aceitação popular. Voltados para capacitação, geração de renda e inserção ou reinserção social, os programas mostram resultados positivos.

As atividades dos programas sociais no município estão em praticamente todas as regiões da cidade, com as mais diversas ações. Para a região Norte hoje existem os Centros Comunitários dos bairros Paschoal Salzano, Porto Bello e Parque Residencial do Redentor, onde também há um núcleo do Espaço da Cidadania.

A região Leste oferece atendimentos sociais no Jardim Jandyra, Projeto Pão e Leite (Vaca Mecânica) na Vila Sybilla e Estância Porto Alegre, além de um dos núcleos do Espaço da Cidadania no Caic Professor João Teixeira, no Jardim Independência.

Para a comunidade da região do Jardim Anésia as ações são no Cras (Centro de Referencia de Assistência Social), agora em novo endereço, e Espaço da Cidadania. Além do Centro Comunitário do Jardim Águas Claras e do Centro Municipal de Equoterapia, na Estância Flávia.

A parte central da cidade é atendida na Casa da Cidadania, Central de Atendimento Social, Farmácia Cidadã, Banco de Alimentos e Centro de Capacitação da Mulher, o CCM.

As regiões Sul e Sudeste concentram seus atendimentos em vários núcleos, Centro da Juventude, Centro de Convivência do Idoso (CCI), Creas (Centro de Referência Especializado de Assistência Social), que também encaminha internações à Comunidade Terapêutica (zona rural), Renda Cidadã, Fortalecendo a Família e Espaço da Cidadania na Vila Maria. No Alto do Serra D’água, o Núcleo Comunitário atende a comunidade local, inclusive com informática, a exemplo de outros núcleos que também oferecem a modalidade. Destes projetos, a grande maioria tem atividades que se encaixam nos requisitos básicos para ser cadastrado na Sutaco.

A fim de priorizar o atendimento ao artesão ferreirense, a Divisão de Cultura e o Departamento de Desenvolvimento Urbano, Social e Econômico estiveram presentes na Capital Paulista no final do ano passado para o treinamento de agentes de cooperação da Sutaco, Carlos Alberto Damas, Suzane Aparecida Ferreira e Roberto Paulo Fernandes.

A autarquia vinculada a Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de São Paulo tem por objetivo a promoção, o desenvolvimento, a divulgação e a comercialização do artesanato produzido no Estado, bem como a valorização dos artesãos. O trabalho realizado pela Sutaco busca utilizar o artesanato como criador de oportunidades de geração de renda e também como forma de manter e resgatar expressões da cultura popular brasileira.

 

Serviços Prestados ao Artesão

– Cadastramento e emissão da Carteira de Artesão, que o credencia à utilização dos serviços da autarquia.

Modelo da carteirinha da Sutaco entregue pelo prefeito Maurício Rasi

Para cadastrar-se na Sutaco e ter acesso aos serviços prestados pela autarquia é necessário agendar horário por telefone ou pessoalmente para entrevista e avaliação do artesanato que produz.

Serviços aos quais os artesãos devidamente cadastrados têm direito: Comercialização, Nota Fiscal, Microcrédito, Orientação Jurídica, Ouvidoria e Qualificação.

 

Requisitos para Cadastramento

– Comprovar ser artesão mediante demonstração do “fazer manual” nas modalidades técnicas credenciadas pela Sutaco.

– Ter idade mínima de 16 anos completos na data do cadastramento.

Obs: artesãos enquadrados na faixa etária de 16 a 18 anos deverão conciliar trabalho e estudo e, nesse sentido, não poderão ultrapassar o limite médio de 4 horas/dia (5 dias por semana), conforme orientação do Estatuto da Criança e do Adolescente. (Condição de Aprendiz).

Para qualquer forma de comercialização pela Sutaco, o artesão deverá, obrigatoriamente, possuir CPF.

 

Requisitos para Renovação e Atualização da Carteira

– Ficha de Retorno devidamente preenchida (fornecida pela comissão avaliadora);

– 1 foto 2×2 ou 3×4;

– Ficha de Avaliação preenchida e assinada (fornecida pela comissão avaliadora)

– Anexar cópias: RG, CPF, Comprovante de Residência, Carteira Antiga.

 

Local e horário para Cadastramento, Renovação e Atualização da Carteira (Mediante Agendamento Antecipado):

– Quarta-Feira: 9h às 12h / 13h às 16h. Posto de Atendimento ao Trabalhador PAT, rua Dona Balbina, 923, telefone (19) 3581 3288 / 3581 3792

– Sexta-Feira: 9h às 12h / 13h às 16h. Centro Cultural Fepasa,avenida Engenheiro Nicolau Vergueiro Forjaz, 330, Centro, telefone (19) 3585 5700, na Divisão Municipal de Cultura.

Anúncios