Iniciativa do governo do Estado objetiva alimentação saudável

Primeira-dama Viviane Rasi e a coordenadora do programa Consciência Alimentar, Aurora Bento Limão, em Jaboticabal

O programa Consciência Alimentar, instituído pelo decreto governamental nº 55.620, publicado no Diário Oficial de 25 de março de 2010, é uma intervenção nutricional educativa, no âmbito do Estado de São Paulo. O programa baseou-se nos excelentes resultados obtidos no projeto Alimentação para a Saúde, desenvolvido pelo Fussesp (Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo) nos anos de  2008/2009, nas  Casas de Solidariedade I e II.

Na semana passada, a primeira-dama do município, Viviane Santana Rasi, participou da apresentação do Programa feita pela coordenadora Aurora Bento Limão, na cidade de Jaboticabal.

Em Porto Ferreira, o programa será inicialmente implantado para os beneficiários do Banco de Alimentos, programa social criado em 2005 e que apresenta resultados muito positivos. E num segundo momento, para as crianças inscritas em outro programa social, que é o Espaço da Cidadania.

O objetivo do programa Consciência Alimentar é sensibilizar a opinião pública paulista acerca da importância de uma alimentação saudável. O programa tem as seguintes vertentes:

• Consciência Alimentar da Criança: a título de projeto piloto, a ação foi implantada nas Emeis da Capela do Socorro, envolvendo as crianças de 5 a 6 anos – terceiro ciclo. Realizada a avaliação do projeto piloto e sanadas todas as ocorrências, a intervenção passa a ser implantada em todos os terceiros ciclos das Emeis da Capital.

• Consciência Alimentar da Família: também a título de projeto piloto, todas as mães das crianças envolvidas e toda a comunidade da Capela do Socorro participaram de cursos sobre educação alimentar nos CEUs da região. Esta ação será estendida a toda a comunidade da Capital.

• Consciência Alimentar no Interior: o programa também atingirá, por intermédio dos Fundos Sociais, os municípios do Estado que manifestarem interesse em participar da ação – que capacitará agentes multiplicadores para oferecer as informações à comunidade. O programa Consciência Alimentar para a Criança também poderá ir para os municípios, caso haja interesse.

O programa é gerido pelo governo do Estado de São Paulo, por meio do Fussesp, que coordena o trabalho, tendo como parceiros prefeituras, Secretarias da Educação e da Saúde Estadual e Municipal, Secretaria Estadual da Agricultura e Abastecimento.

Anúncios