Implantada em Porto Ferreira por meio de parceria entre Governo do Estado e Prefeitura, a Escola Técnica Professor Jadyr Salles (Centro Paula Souza), deverá receber ainda este ano investimentos da ordem de R$ 200 mil. Os recursos são da municipalidade e com esta proposta haverá a possibilidade de ampliação da escola, o que além de aumentar os cursos a serem oferecidos, o projeto prevê melhorias na parte física do prédio que abriga a unidade.

Para selar o interesse no projeto, semana passada o prefeito Maurício Rasi se reuniu com o presidente da Câmara Municipal de Porto Ferreira, Luiz Antônio de Moraes, o Maguila (PPS), reunião da qual participaram também o diretor de Obras e Serviços Municipais, Edson Pudence, o arquiteto Mário Tognolli (Obras), a diretora do Departamento de Educação, Maria Cecília Rossi, e o diretor da escola, Ricardo Francalate. De início, a ampliação prevê novas salas, além de um novo laboratório para abrigar novas turmas de cursos que já estavam previstos no projeto inicial implantado em 2008.

“Estou muito otimista com a ampliação desta escola, que proporcionará condições para ampliarmos os atendimentos. Estamos buscando com muito esforço, juntamente com a direção da escola, com o governo do Estado, com nossos recursos e a participação da Câmara a otimização do ensino profissionalizante no município”, comentou o prefeito.

Etec
Após uma luta de mais de 4 anos, travada pelo prefeito Maurício Rasi e pelo vereador Maguila desde o final de 2004, contando ainda com o apoio do deputado federal Arnaldo Jardim (PPS), a Etec professor Jadyr Salles tornou-se realidade no primeiro semestre de 2009. As atividades tiveram início no prédio em que, por muitos anos, funcionou a escola Professor José Gonso. Esta foi transferida para moderno prédio construído pela atual Administração Municipal na área do antigo aeroporto.

A Etec oferece 80 vagas para o Ensino Médio, de manhã, e 160 vagas divididas entre dois cursos técnicos: Design de Interiores e Logística, ambos nos turnos da tarde e da noite. A partir do 1º semestre de 2010, a Etec oferecerá o curso de Informática, com 40 vagas à tarde. Atualmente, a escola tem 270 alunos matriculados.

O governo do Estado investiu na Etec cerca de R$ 350 mil na compra de mobiliários e equipamentos. Coube à Prefeitura a reforma e a adequação do prédio, cedido pela Secretaria Estadual da Educação. Entre os ambientes do bloco em funcionamento, estão: oito salas de aula, dois laboratórios de informática (com 60 computadores), laboratórios de design de interiores, de maquetes, de gestão e de química, além de cinco salas administrativas.  Em 2010, a Prefeitura deve construir o bloco 2 para abrigar novas salas de aula e laboratórios.

Anúncios